CENTRAL DE ATENDIMENTO

(14) 3402-2020

contato@ultrarad.com.br

A Ressonância é um método não invasivo que, por meio da emissão de ondas de radiofrequência, sem radiação, permite o estudo de diversas partes do corpo humano com alto grau de precisão.

Dúvidas relacionadas a este exame:
Muitos exames radiológicos requerem um preparo do paciente antes de sua realização. O objetivo deste preparo é garantir que o estudo seja realizado da maneira mais eficaz e segura possível.

- Não interrompa o uso de qualquer medicamento usado regularmente; em caso de diabetes, diarréia ou vômitos, consulte a nossa Central de Atendimento – 14 34022020 ou envie um e-mail para contato@ultrarad.com.br

Traga sempre seus exames anteriores. É sempre importante lembrar de no caso do paciente possuir exames anteriores, trazê-los para se fazer um estudo comparativo.
- Implantes cirúrgicos metálicos hemostáticos ou outros no Sistema Nervoso Central podem se mover. Quando colocados em outras partes do corpo, consideramos um risco mínimo, depois da fase curativa (6 a 8 semanas) acontece a fibrose e o envolvimento do clipe e ajudam a mantê-lo em uma posição estável.

- Pacientes ou outras pessoas com marca-passo não devem se aproximar ou fazer exames na Ressonância Magnética. Embora recentemente algumas exceções tenham sido descritas para marca-passos de nova geração.

- Roupas contendo fios ou componentes metálicos, objetos de metal, como óculos, jóias, grampos, botões, relógios, pulseiras, próteses, etc. devem ser removidos antes dos exames.
- DIUs - A maioria destes dispositivos não se move sob influência do campo magnético (em sua maioria são feitos de plástico e cobre).

- PRÓTESES ARTICULARES - Geralmente não apresentam nenhum risco.

- EMPLASTROS DE PELE - Produtos farmacêuticos em emplastros transdérmicos (pomadas) podem causar queimaduras. Devem ser removidos antes do exame.


Gravidez

Não há nenhuma evidência de que a Ressonância Magnética possa prejudicar o feto ou o embrião. Inclusive, a RM é indicada para estudos de má formação fetal ou outros problemas com o feto. Como precaução o exame deve ser evitado nos primeiros 3 meses de gravidez. Tais considerações são válidas também para funcionárias grávidas. Essas não deverão ficar na sala durante o exame, porém, lhes é permitido preparar e posicionar o paciente, administrar o agente de contraste e escanear e filmar.
Na Ressonância Magnética não há radiação ionizante (raios-x). A RM usa um potente magneto em associação às ondas de radiofrequência para obter imagens de estruturas e órgãos internos.
Todos os sistemas de Ressonância Magnética são abertos em suas extremidades porém algumas possuem aberturas maiores nas laterais. A maioria das pessoas não apresentam nenhum tipo de reação. Contudo, se o paciente já manifestou tal problema, o técnico, ou alguém da equipe poderá lhe ajudar a terminar o exame. Um técnico estará sempre em contato com o paciente.
Esses agentes podem ser, paramagnéticos, super-paramagnéticos ou ferromagnéticos. Essas, ou outras substâncias que são injetadas ou aplicadas podem apresentar riscos semelhantes àqueles de qualquer outra técnica invasiva.
A experiência clínica mostrou que os contrastes a base de gadolíneo são bem toleráveis. Ainda assim, todas as precauções devem ser tomadas ao injetar o contraste gadolíneo em pacientes com histórias de alergia ou reação a qualquer droga.
Sim, é possível o paciente levar um familiar ou um amigo para acompanhá-lo durante o exame.
O exame é totalmente indolor. Trata-se de um método diagnóstico não invasivo. Entretanto, o médico pode pedir a utilização do meio de contraste para visualizar melhor uma estrutura. Neste caso o paciente receberá uma injeção antes ou durante o exame.
Sim, é possível fazer. No entando, se o eletroencefalograma for feito antes, é necessário limpar a cabeça para tirar o gel usado no exame.
Na dieta leve a pessoa deve dar preferência para as sopas ralas, torradas, chás. Deve-se evitar massas e frituras.
Clique no item desejado para mais informações:

COMO FUNCIONA:

No centro da Ressonância Magnética (RM) está situado um imã ou magneto que é grande o suficiente para uma pessoa deitar-se dentro. Durante o exame, sinais de radiofrequência são emitidos para o corpo que os reemite para o computador que converte em imagens. Depois disso, essas imagens são visualizadas e analisadas pelo médico radiologista.

A Ressonância Magnética analisa e identifica:

- Diversas patologias do cérebro;
- Derrames e AVC;
- Tumores;
- Analisa de maneira precisa articulações, como Joelho e Ombro permitindo a análise de lesões de menisco, ligamentos e cartilagem;
- Vem se destacando como excelente método para pesquisa de lesões da mama, como câncer, além de estudo de próteses mamárias.
- Não é necessário suspender o uso de medicamentos;
- É necessário jejum para alguns procedimentos, para mais informações consulte nossa Central de Atendimento – 14 34022020 ou envie um email para contato@ultrarad.com.br
Antes do exame o paciente responderá um questionário onde deverá informar se já fez alguma cirurgia, tem algum implante ou no caso das mulheres, está grávida ou existe a possibilidade de estar. Marca passos cardíacos geralmente impedem o exame.
Não é possível entrar na sala de exames com pertences pessoais como relógio, telefone celular, aparelhos de audição, moedas e cartões magnéticos.
Antes da Ressonância um técnico ajudará o paciente a deitar-se na mesa de exames na posição adequada. Em seguida a pessoa é levada lentamente a pessoa para um túnel aberto nas extremidades, arejado e iluminado.
Durante o exame o técnico sairá da sala, mas manterá contato visual e auditivo com paciente através de um aparelho de comunicação interna. Deve-se respirar normalmente, relaxar e permanecer imóvel por pequenos períodos de tempo.
O paciente ouvirá ruídos parecidos com batidas em intervalos regulares, isso significa que a máquina está funcionando normalmente e as imagens estão sendo adquiridas.
O tempo de exame é de 15 a 45 minutos, dependendo do local a ser estudado.
O exame é indolor e não há nenhum contato do aparelho com o corpo.
O paciente poderá retomar suas atividades normalmente imediatamente após a realização do exame de Ressonância Magnética.
A grande vantagem da Ressonância Magnética é não apresentar radiação ionizante, como o raio-x e a tomografia.
Ela também permite o estudo das partes moles, como crânio, articulações e outros órgãos internos com precisão, sem ser invasiva.
Outra vantagem é que quando há necessidade de usar contraste, o utilizado é o gadolíneo, que tem poucas contra-indicações.